Programa Betosala : trabalhar lado a lado com as empresas congolesas

No offshore da República do Congo, a primeira fase do projecto Moho Nord entrou em produção em 2015. Para as empresas locais, Moho Nord  é uma verdadeira oportunidade  de crescimento. Para ajudar as empresas a aproveitarem ao máximo esta oportunidade, a Total implementou o programa de acompanhamento “BETOSALA”, que vem de beto sala kintuadi que significa "trabalhar em conjunto" na língua Kituba.

  • CENTRAL PROOF BETOSALA 1 PT_AO

    Empresa de concepção e engenharia CAP/CAD.
    Concepção e execução do projecto.

  • CENTRAL PROOF BETOSALA  2 PT_AO

    Reunião da direcção.
    Análise da evolução dos projectos de concepção e de engenharia.

  • CENTRAL PROOF BETOSALA 6 PT_AO

    Bancada de teste de equipamentos.
    Trabalhos de preparação, testes e montagem do equipamento eléctrico antes da sua instalação.

  • central-proof-betosala-9_PT_AO

    Chegada do Colector M12 ao cais ILOGS.

  • central-proof-betosala-10_PT_AO

    Início dos trabalhos na sede TEPC Poincaré por CHAPET.

  • central-proof-betosala-11_PT_AO

    Fabrico de certos equipamentos para a FPU Alima por PONTICELLI.

  • central-proof-betosala-12_PT_AO

    Fabrico das fundações submarinas no estaleiro de Boscongo.

  • central-proof-betosala-13_PT_AO

    Moho Bilondo, arranque da campanha de perfuração em Tungsten Explorer.

Seguinte Prev
  • CENTRAL PROOF BETOSALA 1 PT_AO
  • CENTRAL PROOF BETOSALA  2 PT_AO
  • CENTRAL PROOF BETOSALA 6 PT_AO
  • central-proof-betosala-9_PT_AO
  • central-proof-betosala-10_PT_AO
  • central-proof-betosala-11_PT_AO
  • central-proof-betosala-12_PT_AO
  • central-proof-betosala-13_PT_AO

Uma visão inovadora do conteúdo local

Para Patrick Pouyanné, Presidente do Grupo Total, ˝temos responsabilidades sociais. A Total não pode ser um Grupo com êxito a nível mundial […] e não respeitar o pacto social da empresa. Além dos nossos colaboradores, é necessário preocuparmo-nos com o impacto das nossas decisões nas PME que nos rodeiam”. (le Monde, 31/01/2015)

O programa Betosala ilustra este compromisso ao permitir ajudar as Pequenas e Médias Empresas (PME) a estarem ao nível das normas do  grupo Total em matéria de qualidade, segurança, respeito pelo ambiente e gestão administrativa. Estas PME congolesas terão assim, não apenas os meios de trabalhar com a Total, mas também de dar continuidade e diversificar as suas actividades.

É uma visão  inovadora do conteúdo local, que geralmente se limita à vida útil dos projectos.

Uma colaboração enriquecedora para as PME

O programa compreende quatro etapas:

1. A identificação, nos sectores prioritários definidos pela Total no Congo, de empresas locais com um potencial de crescimento.

2. A selecção das empresas.

3. Às empresas seleccionadas, é oferecido um programa de acompanhamento adaptado às suas necessidades: patrocínio, formação, sensibilização para as exigências do trabalho, coaching na implementação das normas…. com o objectivo de fornecer recursos para ganhar em concursos lançados pela Total no Congo (ou outras grandes empresas industriais).

4. O acompanhamento das empresas locais que ganharam os concursos realizados pela Total para que possam realizar a sua prestação seguindo os critérios da filial.
 

Trabalhar com empresas internacionais dispostas a "orientá-las" é a forma de as empresas locais progredirem. No Congo, a Total pretende incentivar os seus próprios parceiros — outras empresas internacionais que participam no projecto Moho Nord — a desenvolverem programas de transmissão de competências e a trabalharem com as próprias PME Congolesas.

Num País em que as receitas orçamentais dependem cerca de 75% do sector dos hidrocarbonetos, a diversificação da economia e a criação de empregos locais representam actualmente os dois maiores desafios do Programa de Apoio à Diversificação Económica (PADE). Através do programa Betosala, a Total está a contribuir para a realização do PADE. No âmbito do PADE, as empresas congolesas beneficiam de formações técnicas para lhes conferir novas qualificações e/ou certificações.

Partilhe este projecto